Falta de higiene bucal pode agravar doenças crônicas

Diabetes, doenças cardiovasculares e hipertensão são algumas dessas doenças que podem ser agravadas pelo maus cuidados com a higiene bucal.

A falta de higiene bucal, além de acarretar doenças periodontais (gengivas e suporte ósseo) e cáries, com possibilidade de evoluir para problemas endodônticos (canal), pode agravar as doenças crônicas preexistentes, como diabetes, em decorrência dos focos de infecção na boca.

Os pacientes diabéticos devem estar com a doença controlada, principalmente, quando são realizados procedimentos odontológicos que envolvem sangramento, cirurgias e raspagens profundas, por exemplo, pois a cicatrização desses pacientes é bastante deficitária.

Ainda no caso do diabetes, o processo inflamatório gerado por problemas bucais dificulta a absorção de insulina, aumentando a resistência insulínica dos pacientes diabéticos. “Dessa forma, haverá uma maior descompensação glicêmica por parte destes pacientes”, explica Dr. José Henrique de Oliveira, cirurgião dentista e Diretor de Operações aqui do INPAO Dental.

Doenças crônicas como a hipertensão e os problemas cardíacos também precisam estar sob controle quando o paciente começa um tratamento dentário, já que o anestésico utilizado deverá ser sem vasoconstritor, que é um medicamento que diminui o calibre dos vasos por meio da contração de suas fibras musculares.

As bactérias e outros germes decorrentes de infecções bucais percorrem a corrente sanguínea e podem se alojar no coração. Estudos indicam, inclusive, que artérias entupidas (aterosclerose) e o acidente vascular cerebral (AVC) estão ligados a inflamações decorrentes de bactérias bucais. Assim, pacientes com gengivite ou doença periodontal correm mais risco de desenvolver doença cardíaca.

O diretor do INPAO Dental ressalta ainda que, em procedimentos odontológicos que envolvem sangramento, deve ser feita a ‘antibiótico-terapia profilática’, evitando-se uma endocardite bacteriana, ou seja, uma infecção do revestimento interno do coração.

Falar sobre a doença crônica é importante

Antes de iniciar qualquer tratamento dentário, é sempre recomendado conversar com o dentista e avisar sobre qualquer doença preexistente que você possa ter, para garantir o tratamento mais adequado e seguro, preservando seu bem-estar e sua qualidade de vida.

Fique atento aos sinais da doença periodontal:

  • Gengiva está vermelha, inchada ou dolorida;
  • Gengiva sangra ao comer, escovar os dentes ou usar o fio dental;
  • Há pus ou outros sinais de infecção em volta da gengiva e dos dentes;
  • Sua gengiva parecer estar se afastando dos dentes;
  • Você sente mau hálito ou gosto ruim na boca;
  • Percebe que algum dente está mole ou se afastando dos outros dentes.

Agora que você já sabe que a falta de higiene bucal pode agravar doenças crônicas, lembre-se de visitar um dentista regularmente, pois a nossa saúde entra pela boca.

É bem simples encontrar o dentista credenciado INPAO Dental mais próximo.

2 thoughts on “Falta de higiene bucal pode agravar doenças crônicas

Comments are closed.

Voltar ao topo

Pin It on Pinterest